Segundo agência, mudanças deixam informações mais claras

Anvisa aprova novas regras para rótulos de medicamentos

A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária(Anvisa) aprovou mudanças na rotulagem de medicamentos. De acordo com aagência, as alterações visam deixar mais claras as informações sobre osremédios nas embalagens, garantindo a segurança do paciente e o uso correto dosmedicamentos.

No caso de remédios isentos de prescrição médica, a classeterapêutica e a indicação ficarão dispostas na parte da frente da embalagem parafacilitar a visualização pelo consumidor.

O mesmo será feito para quantidade total de medicamento.“Com intuito semelhante, foi permitida a colocação da quantidade total domedicamento na face frontal da embalagem, podendo auxiliar o cidadão na comparaçãode preço dos produtos, sem, no entanto, causar prejuízo para a compreensão dasinformações relacionadas ao uso seguro do medicamento”, informa nota da Anvisa.

Segundo a agência, outra mudança é o uso obrigatório datécnica Tall Man Lettering (TML) – quando parte do nome de um remédio é escritoem letras maiúsculas - nos rótulos de medicamentos restritos ao uso dehospitais, clínicas, ambulatórios, serviços de atenção domiciliar e demaisunidades de saúde.

“A técnica de TML é uma das ferramentas utilizadaspara ajudar a minimizar os erros de medicações decorridos de troca acidentalentre princípios ativos com fonética e/ou ortografia semelhantes”, explica aagência.

Em relação a remédios que são vendidos ao governo federal,serão retiradas as frases que utilizam os termos venda sob prescrição, sendosubstituídas por “Uso sob prescrição” e “Uso sob prescrição e retenção dereceita”.

(Fonte: Agência Brasil- Edição: Marcelo Brandão)

Outras Notícias

Mortes por leptospirose chegam a 13 no Rio Grande do Sul

Aumentou para 13 o número de mortes provocadas por leptospirose em consequência dos temporais e cheias de rios no Rio...

Saúde lança campanha de prevenção ao uso de cigarros eletrônicos

O Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer (Inca) lançaram a campanha de prevenção ao uso de cigarros ele...

Planos de saúde prometem reverter cancelamento unilateral de contratos

Representantes do setor dos planos de saúde prometeram reverter os recentes cancelamentos unilaterais de contratos re...

Menstruação segura ainda é desafio no Brasil, indica Unicef

Uma enquete do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), concluiu “que o direito de menstruar de maneira dign...