Covid-19: entenda as diferenças entra as vacinas atuais e as bivalentes

Ceará começa a aplicar vacina bivalente contra Covid em 27 de fevereiro

O Ceará começa a aplicar em 27 de fevereiro a dose de reforço da vacina bivalente contra Covid-19, segundo anunciou nesta segunda-feira (13) o governador do estado, Elmano de Freitas. Conforme Elmano, a vacinação será iniciada pelos grupos prioritários: pessoas acima de 70 anos com a 4ª dose, pessoas imunocomprometidas, indígenas e quilombolas.

O Ceará recebeu o primeiro lote da vacina bivalente da Pfizer, com 32.400 doses. Até dia 22, o estado deve receber um total de 729.480 doses da vacina.

"Utilizaremos nossa logística de distribuição para que todos os municípios recebam a bivalente com a devida antecedência para o início da aplicação, assim como temos feito desde o início da vacinação contra a Covid", afirmou Elmano.

O que são as vacinas bivalentes? Os imunizantes foram elaborados para oferecer uma proteção extra contra a ômicron e suas subvariantes.

Desde o início da pandemia, o coronavírus vem sofrendo mutações (o que é normal).

- Atualmente, a variante que domina o mundo é a ômicron, que é bem diferente do vírus original.

- As primeiras vacinas usadas no combate à pandemia, também chamadas de "monovalentes", fornecem menos proteção frente à variante dominante.

- Ainda assim, as vacinas monovalentes continuam sendo eficazes contra casos graves, óbitos e hospitalizações.

Para quem as vacinas bivalentes são indicadas? A Anvisa aprovou o imunizante para a população a partir de 12 anos.

- Elas são indicadas como dose de reforço e devem ser aplicadas a partir de três meses após a série primária de vacina ou reforço anterior.

- Receberá o reforço com a bivalente quem já tiver concluído o esquema vacinal de duas doses com a vacina monovalente.

(Fonte: G1 Ceará)

Outras Notícias

Mais 20 municípios do Ceará vão ter atendimento em oncologia no Hospital Regional do Sertão Central

A partir desta segunda-feira (15), o Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim, inicia o atendimento na ár...

Farmácia Popular passa a oferecer 95% dos medicamentos gratuitamente

A partir de quarta-feira (10), 95% dos medicamentos e insumos fornecidos pelo Programa Farmácia Popular passam a ser ...

Estratégia de combate ao Aedes com larvicida vira política nacional

O Ministério da Saúde divulgou nota estabelecendo a ampliação da estratégia criada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocru...

ANS suspende comercialização de nove planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou  a lista de planos de saúde que terão a venda temporariam...