Alan Neto, jornalista — Foto: Divulgação/Ceará SC

Morre jornalista Alan Neto, aos 83 anos

O jornalista e colunista do O Povo, Alan Neto, morreu nesta quarta-feira (3), aos 83 anos. Ele estava internado desde o fim de janeiro, no Hospital Antônio Prudente, em Fortaleza, após sofrer um acidente doméstico.

 

Alan teve o colo do fêmur fraturado e foi submetido a uma cirurgia. Ele chegou a ter alta, mas posteriormente retornou ao hospital, com um quadro de pneumonia.

 

Manoel Simplicio de Barros Neto, mais conhecido como Alan Neto, ocupou lugar de destaque na crônica esportiva do Ceará. Ele nasceu em Senador Pompeu, no dia 27 de novembro de 1940. Aos 15 anos, começou a trabalhar como repórter amador na Rádio Iracema de Fortaleza.

 

Ele foi colunista do Diário do Nordeste, do Sistema Verdes Mares, e estava no Jornal O Povo, onde assinava uma coluna diária e comandava ainda o programa Trem Bala, na Rádio O Povo/CBN e na TV Ceará.

 

Confira nota de pesar do Fortaleza

 

Diante de profunda tristeza, o Fortaleza Esporte Clube lamenta o falecimento do grande ícone do jornalismo esportivo cearense Manoel Simplício de Barros Neto, que se eternizou como Alan Neto e nos deixa aos 83 anos de idade.

 

Com suas inúmeras crônicas e informações de contribuição ao jornalismo local em 60 anos de carreira, Alan Neto foi referência em contar a história de grandes momentos e evolução do futebol cearense, especialmente do Tricolor de Aço.

 

O Leão do Pici sempre foi pauta do comunicador pioneiro em fazer sucesso com seus bordões. Mas para além disso, comprovou seu sucesso com a longevidade dos seus programas de rádio, TV, internet e com suas colunas no jornal impresso, sempre com muito carisma, bom humor e a criatividade na firma de conduzir suas entrevistas.

 

Sendo conhecido eternamente como "Trem Bala", Alan Neto sempre tratou o futebol cearense como realeza, mas também teve atuação destacada fora do esporte, ao dar seus pitacos e comentários na política, se tornando uma referência na comunicação cearense.

  

Em nome do Presidente, CEO, diretoria e todos que fazem o Fortaleza Esporte Clube, agradecemos por toda a história contada sobre o Tricolor de Aço através do profissionalismo e grande pessoa de Alan Neto.

 

Nos solidarizamos e desejamos forças a toda família nesse momento de tamanha dor e sofrimento. Os eternos bordões e a criatividade de Alan serão sempre lembrados. Descanse em paz!

 

Confira nota de pesar do Ceará

 

É com o mais profundo pesar que o Ceará Sporting Club se manifesta a respeito do falecimento de Manoel Simplício de Barros Neto que, após adotar o pseudônimo de Alan Neto, construiu uma das mais belas histórias do jornalismo esportivo cearense.

 

Em quase 60 anos de carreira, Alan passou por alguns dos principais veículos de comunicação de nosso estado. Depois de iniciar a trajetória profissional ainda em sua cidade natal, Senador Pompeu, Alan migrou para a capital, onde trabalhou em veículos como o Sistema Verdes Mares, TV Jangadeiro, TVC e Grupo O Povo, sua casa nos últimos anos.

 

Com uma comunicação disruptiva e vanguardista, pode se dizer que Alan Neto revolucionou a forma de fazer jornalismo esportivo em nosso estado. Polivalente, o jornalista soube como poucos passear pelas inúmeras formas de trabalhar na profissão, tendo sucesso no rádio, na TV e como colunista em jornais impressos

 

Alan Neto nos deixou nesta quarta-feira (03), aos 83 anos. Em nome do presidente da Diretoria Executiva, João Paulo Silva se solidariza a familiares e amigos nesse momento de penosa dor. O Clube decreta ainda luto oficial de 01 dia.

 

Confira nota de pesar do Ferroviário

 

É com grande pesar que o Ferroviário Atlético Clube informa o falecimento de Manoel Simplício de Barros Neto, conhecido popularmente como Alan Neto, um dos maiores nomes da imprensa esportiva de nosso estado, nesta quarta-feira (03), aos 73 anos.

 

Torcedor do Ferroviário declarado, Alan Neto é natural de Senador Pompeu. Seu primeiro contato na comunicação surgiu aos 15 anos, como repórter amador da Rádio Iracema de Fortaleza. Durante sua trajetória profissional, Alan Neto acumulou passagens pelo rádio, jornal impresso e também na televisão, com o icônico Trem Bala.

 

O Ferroviário, através de sua Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo, se solidariza com os familiares de Alan Neto e decreta três dias de luto por essa perca irreparável na imprensa esportiva do nosso estado.

 

Nota de pesar do Floresta

 

É com profundo pesar que na tarde desta terça-feira, 03, comunicamos o falecimento do Manoel Simplício de Barros Neto, mais conhecido como Alan Neto, aos 83 anos.

 

Alan Neto, foi jornalista e colunista do jornal O Povo e apresentador do programa de TV, Trem Bala, onde tinha sua característica importante de humor e reverência ao falar sobre futebol.

 

O Floresta Esporte Clube se solidariza com familiares e amigos.

 

(Fonte: GE)

Outras Notícias

No Castelão, Fortaleza empata com o Botafogo e segue sem vencer como mandante na Série A

O Fortaleza ficou no empate de 1 a 1 com o Botafogo na noite deste domingo (12), na Arena Castelão. As equipes se enf...

Fortaleza empata com o Corinthians fora de casa pelo Brasileirão

Na noite deste sábado (4), o Fortaleza empatou sem gols diante do Corinthians pela quinta rodada do Campeonato Brasil...

Papa a jovens de Veneza: ide contracorrente, arriscai e tomai a vida em vossas mãos

Na manhã deste domingo, o terceiro compromisso Santo Padre em terras venezianas foi um aguardado e festivo encontro c...

Bia Ferreira derrota argentina e é campeã mundial no boxe profissional

Após ser bicampeã mundial no boxe olímpico, chegou a hora de Bia Ferreira conquistar o mundo no profissional. Na tard...